Emergência Cardiovascular: entenda cada certificação

First Aid Training Course

Uma emergência cardiovascular pode ocorrer em qualquer situação ou ambiente – inclusive, fora dos hospitais. Por isso, é tão importante que não apenas profissionais da saúde, mas também o público em geral seja treinado para saber lidar com um mal súbito, um engasgo, um infarto – já falamos no blog sobre como a intervenção correta nos primeiros minutos após o episódio pode ajudar a salvar aquela vida e também que professores e funcionários de escolas públicas e privadas são agora obrigados por lei a serem capacitados em primeiros socorros.

A American Heart Association (AHA) é uma organização sem fins lucrativos, sediada nos Estados Unidos, que providencia cuidados cardíacos buscando reduzir lesões e mortes causadas por doenças cardiovasculares e acidente vascular cerebral (AVC). Ela oferece diversos cursos com certificação que, por vezes, são exigidos dos profissionais de saúde pelas instituições médico-hospitalares.

No Brasil, o Centro de Treinamento em Emergências Cardiovasculares, parte da Escola de Educação Permanente do Hospital das Clínicas (EEP HCFMUSP), é um dos responsáveis por ministrá-los. E são vários: ACLS, PALS, BLS e Salva Corações. Nessa sopa de letrinhas, cada um tem seu público e objetivos específicos. Há cerca de 49 centros credenciados no Brasil.

 

  • ACLS Provider

O curso ACLS Provider (Suporte Avançado de Vida em Cardiologia) é recomendado a médicos e enfermeiros e acadêmicos de medicina e enfermagem do último ano que contribuem para o tratamento avançado de pacientes em parada cardiorrespiratória (PCR), utilizando medicações e manejo avançado das vias aéreas. Além do reconhecimento e tratamento de arritmias, infarto agudo do miocárdio e AVC.

“Ele passa pelas ações para reconhecimento e intervenção de parada cardiorrespiratória, cuidados pós-parada, tratamento das arritmias na sala de emergência e tratamento inicial do acidente vascular cerebral e síndromes coronarianas agudas (SCA). São enfatizados a importância da RCP de alta qualidade, bem como a liderança de uma equipe de ressuscitação”, explica a enfermeira Thatiane Polastri, que coordena a área junto ao diretor Dr. Sérgio Timerman.

O ACLS é exigido pela maioria dos hospitais em todo mundo, sendo assim totalmente indicado para quem pretende trabalhar em Urgência, Terapia Intensiva, Cardiologia e Anestesiologia.

 

  • PALS Provider

O PALS (Suporte Avançado de Vida em Pediatria) centraliza o treinamento de médicos e enfermeiros para o atendimento a crianças em situação de emergências cardiovasculares e parada cardiorrespiratória pediátrica.

O organismo de crianças e bebês tende a disfarçar sintomas, que podem ser sinais de desdobramentos graves. Por isso, os profissionais devem ser capazes de diagnosticar a causa subjacente, para fazer o monitoramento assertivo.

“No curso, os alunos aprendem como usar uma abordagem sistemática para avaliar rapidamente, identificar e tratar pacientes pediátricos em situações de choque e parada cardiorrespiratória”, afirma Thatiane. 

Através de casos reais de pacientes pediátricos, os participantes praticam algoritmos de tratamento PALS, as habilidades eficazes de ressuscitação pediátrica a liderança de uma equipe de ressuscitação.

 

  • BLS Provider

O BLS (Suporte Básico de Vida) é destinado a todos os profissionais de saúde que precisam realizar as manobras de ressuscitação cardiopulmonar (compressões torácicas e ventilações) de alta qualidade em pacientes de qualquer idade.

Ensina os passos fundamentais: compressões torácicas, ventilações com diversos dispositivos e uso do Desfibrilador Externo Automático (DEA), além do desenvolvimento da performance de equipes de alto desempenho.

O participante terá a oportunidade de praticar as habilidades de Suporte Básico de Vida e realizar atendimento em equipe.

 

  • Salva Corações

O curso se propõe a treinar qualquer pessoa interessada em ajudar a salvar vidas em ambientes diversos; fornece os conhecimentos e habilidades que podem ajudar a salvar vidas, além de ensinar o atendimento de primeiros socorros das principais emergências clínicas e traumáticas. 

“Por meio de cenários realistas, o participante completa experiência de aprendizagem, como reconhecer e iniciar os primeiros atendimentos das principais emergências clínicas, traumáticas e como atender uma parada cardiorrespiratória e utilizar o Desfibrilador Externo Automático”, diz Thatiane.

 

Além de cursos certificados pela AHA, a área desenvolve ainda treinamentos customizados para hospitais, clínicas, escolas e outras empresas.

No portal da EEP, é possível verificar informações e inscrições para os próximos treinamentos. Confira!